fbpx
 
 
Tecnologia

Sintec – SAP: Grupo Nacional de Chocolates

Compartilhar
 
Tecnologia

dezembro 23, 2011

Sintec – SAP: Grupo Nacional de Chocolates

Compartilhar

PRINCIPAIS DESAFIOS:

  • Assegurar o crescimento e a abrangência nas regiões-alvo
  • Tornar flexível o abastecimento, para garantir disponibilidade e custos competitivos dos materiais
  • Integrar o planejamento avançado (APO) com a execução (ERP)
  • Oferecer informação exclusiva e confiável para a tomada de decisões em curto tempo
  • Gerar planos otimizados em curto tempo
  • Incrementar a colaboração e o compromisso da área comercial em relação ao prognóstico de vendas
  • Apoiar o processo de Vendas e Operações (S&OP)

 MELHORES PRÁTICAS DE IMPLEMENTAÇÃO

  • Garantia das iniciativas estratégicas por meio da integração de melhores práticas em processo, organização e tecnologia
  • Concepção de uma plataforma de processos exclusiva, em função das melhores práticas da indústria
  • Desenvolvimento de uma equipe interna de consultoria, que gerasse experiência em melhore práticas e configuração da ferramenta.
  • Designação das pessoas de maior experiência para cada um dos processos de planejamento avançado
  • Criação de um centro de competências que liderasse a implementação inicial e os roll-outs do resto dos negócios.

 POR QUE O SAP?

  • Porque, além de ter uma solução confiável para os processos de execução (ERP), dispõe de módulos que habilitam processos estratégicos de negócio, como Supply Chain Management, Business Intelligence etc.
  • Por ter uma plataforma exclusiva integrada, que habilita todas as soluções e garante a confiabilidade e disponibilidade da informação.

BENEFÍCIOS ESTRATÉGICOS

  • Integração de todas as áreas para trabalharem com um objetivo econômico e operacional sob um alinhamento de processos, tecnologia e organização.
  • Disciplina e padronização dos processos
  • Geração de uma fonte única e confiável de informação para a tomada de decisões.

 BENEFÍCIOS OPERACIONAIS

  • Incremento no nível de serviço: 4 pontos percentuais
  • Redução do erro de previsão: 50%
  • Redução de tempo do ciclo de planejamento: 30%

ANTECEDENTES

No ano de 2006, os negócios do GNCH identificaram que o ambiente nacional e internacional da indústria de consumo massivo se tornava cada vez mais complexo e competitivo. Tanto no âmbito nacional quanto no internacional, no enfoque interno quanto no externo, eram identificados elementos que exigiam fazer as coisas de uma maneira diferente.

  • Globalização, que facilita que os jogadores se consolidem rapidamente, em espaços geográficos e categorias
  • Mudanças nos hábitos de consumo, que geram decisões de compra em função de novos critérios e oportunidades de consumo em cada canal.
  • B-Brands, concorrentes regionais informais, que afetam a percepção de preços e deterioram o valor da marca.
  • Crescimento do canal moderno e de sua capacidade de negociação.

Essa transformação da indústria acelerou a necessidade de gerar uma vantagem estratégica e econômica, e para isso foram definidas cinco iniciativas estratégicas para 2015.  Procurava-se gerar na Cadeia de Fornecimento e Distribuição uma vantagem comparativa que levasse o negócio a planejar, otimizar e executar, para dar serviço a uma plataforma de clientes de múltiplos segmentos, ao nível internacional.

UM ESFORÇO INTEGRAL DE TRANSFORMAÇÃO

Nos meados de 2005, os negócios do GNCH decidiram iniciar o esforço de transformação de sua Cadeia de Fornecimento, definindo um modelo único de processos estratégicos, táticos e operacionais, que assegurasse a correta padronização e integração de processos, indicadores e capacidades organizacionais.

 Uma vez definidos os processos, começou a busca de uma plataforma de tecnologia que oferecesse, embutidas dentro da sua solução, a padronização, integração e as melhores práticas para cada uma das áreas do negócio. Assim, o SAP foi selecionado como fornecedor de soluções de tecnologia para todos os processos de negócio (transacionais, Logística e Planejamento Avançado, Inteligência de Negócios, Vendas etc.) e a Sintec, como sócio implementador dos módulos da Cadeia de Fornecimento.

 Os módulos de APO implementados para a Cadeia de Fornecimento habilitam os processos de planejamento da demanda (Demand Planning) e fornecimento (Supply Network Planning).

 Para a implementação das soluções do SAP, foram definidas “ondas”, nas quais foi planejada a integração seqüencial de todos os negócios do grupo, procurando que as funcionalidades de cada um dos módulos seguissem um padrão de melhores práticas que fosse único, adequado para todo o grupo.

Para suportar o processo de implementação, foi criado um Centro de Competência, que seria o responsável por cada uma das ondas, além de uma equipe formada pelos especialistas de cada processo do negócio e que foram designados em tempo integral para o projeto. Este enfoque ajudou o negócio a gerar um conhecimento interno da implementação (metodologias e melhores práticas em processos), assim como a integração, ao modelo, das características específicas de cada negócio.

UM MODELO DE PLANEJAMENTO OTIMIZADO

O modelo de planejamento avançado que foi implementado abrangia todos os processos de planejamento tático e operativo:

  • O planejamento da demanda (Demand Planning) incluiu o aperfeiçoamento da informação e a segmentação de sku’s, em função dos volumes de venda e variabilidade, para definir modelos estatísticos por segmento, que assegurassem uma correta modelação da demanda. Além de melhorar a previsão estatística, foi definido um processo de colaboração da área comercial e de marketing, que assegurava a inclusão da inteligência do mercado no mesmo.
  • O planejamento do fornecimento (Supply Network Planning) tomou o plano de demanda que foi colaborado, as políticas de inventário para o período e gerou um plano de distribuição, produção e abastecimento de Matérias Primas, otimizado em função da capacidade finita de toda a Cadeia de Fornecimento. O plano de fornecimento otimizado maximiza o Nível de Serviço e minimiza os custos de distribuição, cumprindo as políticas de inventário e as capacidades definidas.

 Um dos principais pilares da transformação foi constituído pelo alinhamento e o treinamento organizacional que foram gerados como resultado das necessidades dos novos processos e ferramentas de TI.

 FLEXIBILIDADE E CONFIABILIDADE NA CADEIA

Como resultado da implementação, foram geradas novas capacidades, como confiabilidade e flexibilidade, que resultaram em benefícios econômicos.

 A correta análise da informação e seleção dos modelos estatísticos, assim como a colaboração da área de vendas e marketing contribuíram, no negócio de carne, para uma redução no erro de prognóstico, de 50% (de 30% a 14%).

Apoiados em uma previsão de vendas mais confiável, assim como em um plano de fornecimento que assegurava a disponibilidade de produto em toda a rede de distribuição, o negócio de carne alcançou um incremento de 4 pontos percentuais no Nível de Serviço.

Todos os processos de planejamento avançado foram integrados sob uma mesma prática, assegurando a participação e a colaboração das áreas de vendas, marketing, logística e produção. Essa integração permitiu reduzir o tempo do ciclo de planejamento em 30% (de 20 a 14 dias), para o negócio de carne.

Hoje, os negócios do Grupo Nacional de Chocolates operam seus processos de planejamento avançado com a ajuda de uma base única de informação confiável e flexível, que assegura a visão necessária para a integração e colaboração das áreas para trabalharem com um único objetivo comum: o crescimento sustentado do lucro.

QUAL O PRÓXIMO PASSO?

Os negócios do GNCH continuam trabalhando para concretizar o nível seguinte de maturidade da cadeia de fornecimento, com foco na excelência operacional e na redução de custos. Especificamente, trabalharão com a Sintec na implementação de:

  • Programação detalhada e otimização da produção (Production Planning & Detailed Schedulling) Essa solução possibilita automatizar e otimizar o processo de programação da produção, maximizando o cumprimento da demanda.
  • Quadros para a geração, análise e seleção de cenários de apoio ao processo de Sales &Operation Planning, baseados em Business Objects.
  • Supply Chain Performance Management, que habilita e gera indicadores táticos e econômicos da Cadeia de Fornecimento.

“O planejamento avançado é uma competência-chave da Cadeia de Abastecimento nos negócios do Grupo Nacional de Chocolates. Com as ferramentas do SAP e o acompanhamento e a experiência da Sintec, nós conseguimos desenvolvê-lo, alcançando um melhor nível de serviço ao mercado e otimizando os níveis de custo e capital de trabalho na cadeia.”

Carlos Puerta, Gerente de Logística do Negócio de Carne, Grupo Nacional de Chocolates.

Sobre a Sintec:

A Sintec é a firma de consultoria líder em gerar crescimento rentável e desenvolver vantagens comparativas, através do projeto e execução de Estratégias integrais e inovadoras de Clientes & Operações. A Sintec possui uma metodologia poderosa e exclusiva para desenvolver competências organizacionais, baseada em quatro elementos-chave: Estratégia, Organização, Processos e TI. A Sintec já realizou mais de 300 projetos em Estratégias Comerciais, Operações e TI, com mais de 100 empresas líderes em 14 países da América Latina. A trajetória de mais de 25 anos converte a Sintec na empresa de consultoria com maior experiência na  região.

 

Na Sintec, impulsionamos uma nova geração de empresas a desafiar seus limites. Implementamos modelos de negócios transformacionais que integram práticas inovadoras, talentos e tecnologia digital


Na Sintec, impulsionamos uma nova geração de empresas a desafiar seus limites. Implementamos modelos de negócios transformacionais que integram práticas inovadoras, talentos e tecnologia digital

Abrir chat
¿Buscas más información?